Acesso corporativo · Esfera Fácil

|

Viagem LGBT: o que é um destino gay friendly e como encontrar?

Viajar é sempre um alimento para a alma, seja sozinho, acompanhado de amigos, da família ou do grande amor. Refrescar a mente e sair da rotina é essencial para a saúde mental.

Ser LGBTQIA+ exige, infelizmente, alguns cuidados a mais na escolha do destino perfeito para uma boa viagem. Não basta achar um lugar bonito para visitar e um bom hotel ou resort, é preciso saber como a população local trata integrantes da comunidade para garantir, além do prazer da diversão, segurança total para usufruir integralmente da experiência.

Para que você não se limite a voltar aos lugares que já conhece, mostraremos aqui alguns dos melhores destinos de viagem para a população LGBTQIA+.

Países gay-friendly para conhecer
Os Países Baixos, mais conhecidos como Holanda, são famosos por ter um estilo de vida permissivo. Naturalmente, foram os primeiros a legalizar o casamento homoafetivo, no ano de 2001.

Além do acolhimento, a capital Amsterdam proporciona experiências únicas a quem a visita. Você pode visitar seus coffee shops e desfrutar das iguarias lá oferecidas, passear entre os canais da cidade e escolher entre as várias baladas para ir.

As praias incríveis e mundialmente famosas de Barcelona e Ibiza e a vida noturna de Madrid e Valência certamente colocam a Espanha no mapa LGBTQIA+. Lá o casamento entre pessoas do mesmo sexo é legalizado desde 2005 e o país organiza uma das Paradas do Orgulho mais celebradas da Europa.

Segundo pesquisa do Pew Research Center, realizada em 2016, o México é o 10º país do mundo mais tolerante à população LGBTQIA+, portanto, você só terá a difícil tarefa de escolher se quer pegar Sol em Cancun, Tulum ou Acapulco.

Na Ásia, um dos melhores destinos certamente é Bangkok, capital da Tailândia. Considerada uma cidade livre de preconceitos, tem a oferecer uma vida noturna agitada e praias paradisíacas.

Viagens LGBTQIA+ no Brasil
Se você não pretende sair do país, o Brasil, mesmo sendo um país infelizmente intolerante, apresenta excelentes opções de viagens LGBTQIA+.

A cidade de São Paulo, além de ser o centro financeiro do país, organiza anualmente a maior Parada do Orgulho LGBTQIA+ do mundo. As ofertas de baladas para o público são inúmeras e a noite na cidade de fato só termina quando o sol nasce. Além disso, existem inclusive alternativas gastronômicas voltadas especificamente para a comunidade.

No ranking do Prêmio Viaja Bi! de 2020, o Rio de Janeiro ficou em segundo lugar, perdendo por muito pouco para São Paulo. Apesar de viver momentos de instabilidade, conservadorismo e violência, as lindas praias e a vida boêmia da cidade maravilhosa são consideradas extremamente acolhedoras à comunidade LGBTQIA+.

Outra cidade litorânea que desponta como destino LGBTQIA+ é Salvador. O município tem praias encantadoras e baladas divertidas como opções. Durante o Carnaval, o circuito Barra-Ondina é o favorito dos LGBTQIA+ por sempre levar atrações musicais queridas pelo público.

Se quiser fugir do óbvio, atente-se à cidade mineira de Juiz de Fora, que organiza desde 1977 o concurso Miss Brasil Gay. A capital catarinense Florianópolis também é um destino propício para a comunidade LGBTQIA+.