Acesso corporativo · Esfera Fácil

|

Guia básico sobre o roteiro perfeito para viajar ao Japão

O Japão é um país culturalmente fascinante, muito vasto e diversificado. Como ele está muito distante do Brasil, muita gente desanima da viagem. Os motivos principais seriam muito tempo no avião, além do custo da viagem.

Mas tudo isso é um grande engano. Viajar para o Japão é uma experiência única que, sem dúvida, vale a experiência.
Nesse post trazemos um roteiro perfeito de viagem ao Japão, que nossa agência pode proporcionar a você. Leia até o final e compartilhe com seus amigos e familiares!

Para conhecer toda a complexidade do Japão, o ideal é conhecer as seguintes cidades:

Osaka
Ela é considerada a terceira maior cidade do Japão. Osaka é ainda o centro do intercâmbio cultural, das finanças, do entretenimento e do comércio na parte oeste do país. É uma cidade rica em gastronomia, diversão e história. Em Osaka é possível visitar o Castelo de Osaka (um dos mais importantes do país), o mercado Kuromon e a agitada área comercial Dotonbori;

Hiroshima
Essa moderna cidade fica localizada na ilha de Honshu. Ela é conhecida por ter sido destruída por uma bomba atômica durante a Segunda Guerra Mundial, em 1945. Para lembrar esse triste momento, foi construído o Parque Memorial da Paz de Hiroshima. O local abriga as ruínas do Domo Genbaku, um dos poucos edifícios que se mantiveram de pé próximo ao local da explosão;

Miyajima
Essa ilha fica localizada na Baía de Hiroshima, no Mar de Seto. É um local considerado sagrado pelos japoneses. No local existem diversos templos budistas e xintoístas. A ilha também é considerada um dos três lugares mais bonitos do Japão. Miyajima fica há 10 km de Hiroshima e, mesmo com a explosão da bomba atômica, seus templos não foram destruídos;

Nara
No século VIII, a cidade foi a primeira capital do Japão. Ela é o lar do Templo Todaiji, conhecido por abrigar a imensa imagem de Buda, produzida em bronze fundido. Ela é a maior do Japão (15 metros de altura) e foi construída no ano de 749. Na cidade também localiza-se o Parque dos Cervos Sagrados;

Kyoto
Cidade localizada na ilha de Honshu. Ela é famosa por suas casas tradicionais de madeira, templos clássicos budistas, santuários xintoístas, jardins e palácios imperiais. Kyoto também é famosa por suas tradições, como o jantar kaiseki e as gueixas, que se encontram no distrito de Gion;

Takayama
É uma cidade cheia de montanhas, localizada na província de Gifu. No distrito histórico de Sanmachi Suji, suas ruas estreitas são cheias de casas de madeira dos comerciantes que remontam do período Edo. Takayama possui ainda vários pequenos museus. Ela é conhecida pelo Festival Bianual de Takayama, que celebra o outono e a primavera com desfiles de carros alegóricos enfeitados de dourado, além de shows de fantoches;

Shirakawago
É uma aldeia localizada na fronteira dos Alpes do Japão, próxima de Takayama (1 hora). É conhecida por suas tradicionais habitações, chamadas de gasshoku, que são todas construídas com madeira, mas o telhado é coberto por plantas de arroz. Essas são trocadas a cada cinco anos. É lá que acontece também o Festival Doburoku Matsuri, Patrimônio Mundial da Humanidade;

Nagoya
É um centro comercial e industrial e comercial da região central de Honshu. O distrito Naka é onde ficam os museus e os salões pachinko, onde há máquinas de jogos de azar. No local também encontra-se Sakae, o bairro do entretenimento, com diversões como a roda gigante Sky-Boat. Ao norte deste distrito fica o castelo Nagoya, lar real de 1612 parcialmente reconstruído;

Hakone
fica localizada a oeste de Tóquio, no Parque Nacional Fuji-Hakone-Izu. É uma cidade cheia de montanhas, famosa por seus onsen (resorts de águas termais) e pela vista do Monte Fuji. Lá localiza-se ainda o Hakone Jinja, um santuário xintoísta com portão “torii” vermelho e vista para o lago Ashi. Ele pode ser velejado de barco. Além disso, há também, no vale Ōwakudani, as fontes de enxofre em ebulição;

Monte Fuji
É a montanha mais alta da ilha de Honshu e de todo o arquipélago do Japão. Embora seja um vulcão ativo, tem baixo risco de erupção. Ele fica a oeste de Tóquio, próximo da costa do oceano Pacífico, na fronteira entre as províncias de Shizuoka e de Yamanashi. O Monte Fuji é o símbolo do Japão;

Tóquio
A agitada capital do Japão. Ela mistura tradição com a ultramodernidade, com seus templos históricos e arranha-céus com luzes de neon. Lá se localiza o templo xintoísta Meiji, famoso por seus portões imponentes e suas árvores no entorno. É lá que se localiza o Palácio Imperial, em meio aos jardins públicos. A cidade também possui vários museus com exposições diversas, que incluem a arte clássica (Museu Nacional de Tóquio) ou até mesmo um teatro Kabuki reconstruído (Museu Edo-Tokyo).

Gostou do nosso roteiro perfeito?